País

República Gabonesa
Capital: Libreville
Apresentação do Gabão
Nome Oficial: República Gabonesa
Capital: Libreville
Independência: 17 de Agosto
Moeda: FCFA
Língua: Francês
População: 1.545.255 milhões de habitantes (2010)
Prefixo: 241
Geografia

 Geografia Física
O país tem uma superficie de 267.667 km2 e está localizado na linha do Equador. Seus vizinhos são os Camarões ao norte; a Guiné Equatorial a noroeste; o Congo Brazzaville a sudeste; e o Oceano Atlântico ao leste, numa extensão de 885 km. O Gabão está localizado na linha do Equador, e seu clima é equatorial, isto é, quente e úmido, com alternância de estações secas e chuvosas durante o ano. O país é dividido em três regiões geográficas:
As planícies costeiras no oeste;
As montanhas: Montanhas de Cristal no nordeste de Libreville e o maciço Koumou Nabouali ao sul;
No centro, o maciço Chaillu e o maciço de Mayombé.
O Gabão é banhado por muitos rios. O principal deles é o Ogooué, com 1.200 km de comprimento. É por isso que cinco das nove províncias administrativas têm o seu nome. Existem outros grandes rios: Nyanga, Ngounié, Ntem.
A floresta equatorial, densa e rica, cobre 85% do território e abriga mais de 400 espécies de árvores e arbustos (Okoumé, Ozigo, Iroko ...).
A fauna e a flora no Gabão são extraordinárias, pois a floresta ainda está bem preservada. Esta poderia ser uma grande atração turística, uma vez que é cheia de espécies raras e de animais e árvores típicas do país, como o Okoumé.
Durante a Cúpula da Terra de Johannesburgo, em 2002, o Gabão anunciou a criação de 13 parques nacionais.




 Geografia Administrativa
O Gabão é dividido em nove províncias, subdivididas em departamentos.

 
fotoPolítica
Gabão é uma república com sistema presidencial. O Presidente da República é o Chefe de Estado e o primeiro-ministro é o Chefe do governo. O Poder Legislativo é dividido em duas câmaras no Parlamento (a Assembléia Nacional e o Senado).

Economia
1) Indústria do Petróleo
Desde os anos 70, o petróleo representa 80% das exportações, 60% das receitas do governo e 40% do PIB do Gabão. Isso mostra a importância desse setor na economia gabonesa.
Desde os anos 70, o petróleo representa 80% das exportações, 60% das receitas do governo e 40% do PIB do Gabão. Isso mostra a importância desse setor na economia gabonesa.
Durante muito tempo, ELF Gabão e Shell Gabão compartilharam a maior parte dos depósitos de pertóleo. Porém, nos últimos anos, outras companhias têm operado no Gabão: PERENCO, ADDAX, MAUREL ET PROM, VAALCO, etc.
O petróleo é uma riqueza fundamental, mas também uma riqueza variável. A recessão dos anos 1980 foi sentida com menos intensidade. Como outros países, o Gabão se endividou, e a diminuição das receitas de petróleo dificultaram o pagamento da dívida.
Mas o aumento do preço do petróleo e novas descobertas inverteram a situação em 1990. No entanto, as descobertas estão cada vez mais difíceis e, por isso, o Gabão decidiu diversificar sua economia.
 

2) O Manganês e outras riquezas do subsolo
O manganês é a segunda fonte de riqueza do Gabão. O país é o segundo maior produtor depois da África do Sul. A operação é realizada a céu aberto, e suas reservas representam 27% das reservas mundiais.
Gás Natural
Minério de Ferro
Ouro
Diamantes
Chumbo / Zinco
Fosfatos e Nióbio
Sais de Potássio
Magnésio
Existem outras substâncias minerais que também enriquecem o subsolo gabonês. Estudos revelaram mais de 900 locais potenciais para exploração de minérios.
3) Setor Madereiro
O Gabão abriga espécies raras: okoumé, ébano, ozigo, sipo, douka, iomba, etc. Nos últimos anos, o Gabão deixou de exportar madeira em toras para permitir que empresas que operam no Gabão industrializem a madeira localmente. É com essa finalidade que o Governo do Gabão decidiu criar uma Zona Econômica Especial (ZES), em parceria com a empresa de Cingapura OLAM Int., em Nkok, perto de Libreville, para processar a madeira e dar valor agregado ao Estado, reduzindo o desemprego no Gabão e criando 9.000 postos de trabalho diretos e indiretos.
O Gabão decidiu também combinar exploração da floresta com preservação. Existem acordos para a preservação do meio ambiente, que atribuem 11% to território às reservas naturais.
Além disso, o pilar "Gabão verde" basear-se-á na valorização do "petróleo verde", que faz parte de nosso maravilhoso ecossistema. Pertencente à Bacia do Congo e segundo pulmão do planeta, o país quer participar do esforço mundial para preservar o meio ambiente e lutar contra o aquecimento global. Esse esforço será realizado tendo em conta os imperativos de desenvolvimento e industrialização do nosso país.

AGRICULTURA, PECUÁRIA E PESCA
A Agricultura do Gabão consiste principalmente em culturas alimentares para consumo doméstico (banana, mandioca, inhame, cará, batata-doce e milho). Em torno da capital, Libreville, encontram-se hortaliças e pequenas fazendas voltadas para o comércio. 60% dos alimentos são importados (sobretudo arroz e carne).
As culturas de rendimento não ocupam um lugar muito importante na economia, ainda que, com o incentivo de HEVEGAB e AGROGABON, grandes fazendas e plantações industriais foram criadas (óleo de palma, cacau, café, açúcar, borracha, frango, carne de bovino).
No centro do pilar "Gabão Verde", o Presidente Ali Bongo Ondimba criou um programa de segurança alimentar destinado a levar o Gabão rumo à emergência. Essa meta requer que o Departamento de Agricultura revise as estratégias e desenvolva novos objetivos para que o Gabão possa avançar.
NATUREZA
Gabão é um país selvagem no coração da África, coberto por florestas de difícil acesso e por uma rede extensa de rios e córregos. Os elefantes da floresta se escondem na vegetação. Uma população considerável de gorilas didvide o espaço com macacos, antílopes, leopardos, búfalos, porcos-do-mato, crocodilos, tartarugas, baleias, etc.
O Gabão tem mais de 14 parques nacionais que protegem uma das áreas mais biodiversas do planeta.
O Gabão é, portanto, um destino excepcional para o ecoturismo, pois contém lugares mágicos, espécies de plantas desconhecidas, a selva e montanhas, grandes e belas cachoeiras isoladas, praias deslumbrantes bordeadas de papiro, manguezais e salinas, onde se misturam em harmonia animais e aves: uma paisagem digna de um paraiso terrestre. Considerado um dos mais belos países do mundo por muitos especialistas, o Gabão foi descrito como "um dos lugares mais intocados do mundo" pela Nacional Gepgraphic.
natureza
 

Embaixada

Cidade
Brasília
Estado
DF
Endereço
SHIS QI 09 Conjunto 11 Casa 09
Telefones
(61)3248-3533/ 3536
Expediente
Segunda a Sexta 08:00 / 12:00 / 13:00 / 16:00

Sobre o País

Capital
Libreville
Governo
Regime Presidencialista
Idioma
Francês
Data Nacional
17 de Agosto - Independência
Localização
África
Área
267.667 Km2
População
1,9 milhões de Habitantes (2016)
Principal Atividade
Exploração de recursos naturais
Principal Produto
Petróleo, Manganês, Madeira, Zinco, Ferro, Etc.
Moeda Corrente
Franco CFA
Fuso Horário
+ 04 Horas
Organizações
ONU, OUA, UDEAC, CEMAC, BEAC, CEA, CEEAC, Zone-Franc, OMC, UNESCO, OIF, OCI, FAO etc

Turismo

Libreville

Diplomatas

Para acessar faça seu login.

Consulado

Consulado do Gabão em São Paulo - SP
Cidade / UF
São Paulo/SP
Código
Cód. 054/C-??
Endereço
Praça da República 386 Conjunto 92 -
CEP
01045-000
Telefone
(11) 3283-0669
Consulado do Gabão em Recife - PE
Cidade / UF
Recife/PE
Código
Cód. 054/C-??
Endereço
Av. Eng. Domingos Ferreira, nº 4060, - Lj 10 - Empresarial Blue tower - Boa Viagem
CEP
51021-040
Telefone
(81) 9971.4383

Missão Brasileira

Cidade / País
Libreville/República Gabonesa
Código
058 / M-1
Telefone
(241) 76-0535
Endereço
Avenida Bord de Mer - Pont de Gué Gué - Parcela 28, Seção TA do plano cadastal de Libreville