País

República Gabonesa
Capital: Libreville
Apresentação do Gabão
Nome Oficial: República Gabonesa
Capital: Libreville
Independência: 17 de Agosto
Moeda: FCFA
Língua: Francês
População: 1.545.255 milhões de habitantes (2010)
Prefixo: 241
Geografia

 Geografia Física
O país tem uma superficie de 267.667 km2 e está localizado na linha do Equador. Seus vizinhos são os Camarões ao norte; a Guiné Equatorial a noroeste; o Congo Brazzaville a sudeste; e o Oceano Atlântico ao leste, numa extensão de 885 km. O Gabão está localizado na linha do Equador, e seu clima é equatorial, isto é, quente e úmido, com alternância de estações secas e chuvosas durante o ano. O país é dividido em três regiões geográficas:
As planícies costeiras no oeste;
As montanhas: Montanhas de Cristal no nordeste de Libreville e o maciço Koumou Nabouali ao sul;
No centro, o maciço Chaillu e o maciço de Mayombé.
O Gabão é banhado por muitos rios. O principal deles é o Ogooué, com 1.200 km de comprimento. É por isso que cinco das nove províncias administrativas têm o seu nome. Existem outros grandes rios: Nyanga, Ngounié, Ntem.
A floresta equatorial, densa e rica, cobre 85% do território e abriga mais de 400 espécies de árvores e arbustos (Okoumé, Ozigo, Iroko ...).
A fauna e a flora no Gabão são extraordinárias, pois a floresta ainda está bem preservada. Esta poderia ser uma grande atração turística, uma vez que é cheia de espécies raras e de animais e árvores típicas do país, como o Okoumé.
Durante a Cúpula da Terra de Johannesburgo, em 2002, o Gabão anunciou a criação de 13 parques nacionais.




 Geografia Administrativa
O Gabão é dividido em nove províncias, subdivididas em departamentos.

 
fotoPolítica
Gabão é uma república com sistema presidencial. O Presidente da República é o Chefe de Estado e o primeiro-ministro é o Chefe do governo. O Poder Legislativo é dividido em duas câmaras no Parlamento (a Assembléia Nacional e o Senado).

Economia
1) Indústria do Petróleo
Desde os anos 70, o petróleo representa 80% das exportações, 60% das receitas do governo e 40% do PIB do Gabão. Isso mostra a importância desse setor na economia gabonesa.
Desde os anos 70, o petróleo representa 80% das exportações, 60% das receitas do governo e 40% do PIB do Gabão. Isso mostra a importância desse setor na economia gabonesa.
Durante muito tempo, ELF Gabão e Shell Gabão compartilharam a maior parte dos depósitos de pertóleo. Porém, nos últimos anos, outras companhias têm operado no Gabão: PERENCO, ADDAX, MAUREL ET PROM, VAALCO, etc.
O petróleo é uma riqueza fundamental, mas também uma riqueza variável. A recessão dos anos 1980 foi sentida com menos intensidade. Como outros países, o Gabão se endividou, e a diminuição das receitas de petróleo dificultaram o pagamento da dívida.
Mas o aumento do preço do petróleo e novas descobertas inverteram a situação em 1990. No entanto, as descobertas estão cada vez mais difíceis e, por isso, o Gabão decidiu diversificar sua economia.
 

2) O Manganês e outras riquezas do subsolo
O manganês é a segunda fonte de riqueza do Gabão. O país é o segundo maior produtor depois da África do Sul. A operação é realizada a céu aberto, e suas reservas representam 27% das reservas mundiais.
Gás Natural
Minério de Ferro
Ouro
Diamantes
Chumbo / Zinco
Fosfatos e Nióbio
Sais de Potássio
Magnésio
Existem outras substâncias minerais que também enriquecem o subsolo gabonês. Estudos revelaram mais de 900 locais potenciais para exploração de minérios.
3) Setor Madereiro
O Gabão abriga espécies raras: okoumé, ébano, ozigo, sipo, douka, iomba, etc. Nos últimos anos, o Gabão deixou de exportar madeira em toras para permitir que empresas que operam no Gabão industrializem a madeira localmente. É com essa finalidade que o Governo do Gabão decidiu criar uma Zona Econômica Especial (ZES), em parceria com a empresa de Cingapura OLAM Int., em Nkok, perto de Libreville, para processar a madeira e dar valor agregado ao Estado, reduzindo o desemprego no Gabão e criando 9.000 postos de trabalho diretos e indiretos.
O Gabão decidiu também combinar exploração da floresta com preservação. Existem acordos para a preservação do meio ambiente, que atribuem 11% to território às reservas naturais.
Além disso, o pilar "Gabão verde" basear-se-á na valorização do "petróleo verde", que faz parte de nosso maravilhoso ecossistema. Pertencente à Bacia do Congo e segundo pulmão do planeta, o país quer participar do esforço mundial para preservar o meio ambiente e lutar contra o aquecimento global. Esse esforço será realizado tendo em conta os imperativos de desenvolvimento e industrialização do nosso país.

AGRICULTURA, PECUÁRIA E PESCA
A Agricultura do Gabão consiste principalmente em culturas alimentares para consumo doméstico (banana, mandioca, inhame, cará, batata-doce e milho). Em torno da capital, Libreville, encontram-se hortaliças e pequenas fazendas voltadas para o comércio. 60% dos alimentos são importados (sobretudo arroz e carne).
As culturas de rendimento não ocupam um lugar muito importante na economia, ainda que, com o incentivo de HEVEGAB e AGROGABON, grandes fazendas e plantações industriais foram criadas (óleo de palma, cacau, café, açúcar, borracha, frango, carne de bovino).
No centro do pilar "Gabão Verde", o Presidente Ali Bongo Ondimba criou um programa de segurança alimentar destinado a levar o Gabão rumo à emergência. Essa meta requer que o Departamento de Agricultura revise as estratégias e desenvolva novos objetivos para que o Gabão possa avançar.
NATUREZA
Gabão é um país selvagem no coração da África, coberto por florestas de difícil acesso e por uma rede extensa de rios e córregos. Os elefantes da floresta se escondem na vegetação. Uma população considerável de gorilas didvide o espaço com macacos, antílopes, leopardos, búfalos, porcos-do-mato, crocodilos, tartarugas, baleias, etc.
O Gabão tem mais de 14 parques nacionais que protegem uma das áreas mais biodiversas do planeta.
O Gabão é, portanto, um destino excepcional para o ecoturismo, pois contém lugares mágicos, espécies de plantas desconhecidas, a selva e montanhas, grandes e belas cachoeiras isoladas, praias deslumbrantes bordeadas de papiro, manguezais e salinas, onde se misturam em harmonia animais e aves: uma paisagem digna de um paraiso terrestre. Considerado um dos mais belos países do mundo por muitos especialistas, o Gabão foi descrito como "um dos lugares mais intocados do mundo" pela Nacional Gepgraphic.
natureza
 

Embaixada

Cidade
Brasília
Estado
DF
Endereço
SHIS QI 09 Conjunto 11 Casa 09
Telefones
(61)3248-3533/ 3536
Expediente
Segunda a Sexta 08:00 / 12:00 / 13:00 / 16:00

Sobre o País

Capital
Libreville
Governo
Presidencialista
Idioma
Francês
Data Nacional
17 de Agosto - Independência
Localização
África
Área
267.667 Km2
População
1.517.685 Habitantes (2003)
Principal Atividade
Exploração de Minérios
Principal Produto
Petróleo, Manganês, Uranio, Madeira, Zinco, Ferro
Moeda Corrente
Franco CFA
Fuso Horário
+ 04 Horas
Organizações
ONU, OUA, UDEAC, CEMAC, BEAC, CEA, CEEAC, Zone-Franc

Turismo

Libreville

Diplomatas

Para acessar faça seu login.

Consulado

Consulado do Gabão em São Paulo
Cidade / UF
São Paulo/SP
Código
Cód. 054/C-??
Endereço
Praça da República 386 Conjunto 92 -
CEP
01045-000
Telefone
(11) 3337-3200
Consulado do Gabão em Pernambuco
Cidade / UF
Recife/PE
Código
Cód. 054/C-??
Endereço
Empresarial Blue tower – Av. Eng. Domingos Ferreira, nº 4060, - Lj 10 - Boa Viagem
CEP
51021-040
Telefone
(55 81) 9971.4383 ou 8237.3737

Missão Brasileira

Cidade / País
Libreville/República Gabonesa
Código
058 / M-1
Telefone
(241) 76-0535
Endereço
Avenida Bord de Mer - Pont de Gué Gué - Parcela 28, Seção TA do plano cadastal de Libreville