Welcome, Guia Diplomático


Assinantes

Para sua segurança aconselhamos que você faça o login logo após sua consulta!

Novos Assinantes



Para você ser um novo assinante acesse aqui .

Assinante Login

Sair do Login

Newsletter!

Cadastre seu Email para receber novidades!

 
  
Brasília, 08 de Dezembro de 2019
Notícia
Terça-Feira, 00 de de 0000
FURACÃO CARMEN
Embaixada de Portugal
Tamanho do texto:

CENA CONTEMPORÂNEA 2019

FESTIVAL INTERNACIONAL DE TEATRO DE BRASÍLIA

20ª. EDIÇÃO

FURACÃO CARMEN

António Revez e Murilo Grossi (Portugal / Brasil)

Malecón da cidade de Havana. Um furacão avança pelo horizonte. O céu e os ventos são ameaçadores. Dois homens, desconhecidos entre si, esperam uma mulher. Eles não têm noção do perigo que se avizinha do mar. Têm apenas a certeza de terem conhecido a mulher de suas vidas e estão dispostos a tudo para conquistar para sempre esse amor. Eles brincam, brigam, descobrem origens comuns e não se assustam com os avisos do furacão Carmen que se aproxima pouco a pouco.

FURACÃO CARMEN 

foi especialmente concebida para os atores Murilo Grossi e António Revez. O texto tem a marca da escrita do argentino Santiago Serrano, um autor que tem sido cada vez mais encenado no Brasil. A obra do dramaturgo foi inicialmente conhecida no País através da encenação de “Dinossauros”, espetáculo que inaugurou o Espaço Cena em Brasília em 2005, deu origem ao Grupo Cena e transitou pelo Brasil e pelo exterior durante dez anos. A partir de então, o talento de Santiago Serrano reproduziu-se em textos como “Fronteiras”, “Eldorado”, “Noctiluzes”, “Autópsia de um Beija-Flor”, em encenações assinadas por coletivos de Brasília, São Paulo, Bahia e outros estados brasileiros.

Murilo Grossi, nascido em 1964, é ator e diretor brasileiro, radicado em Brasília e com ampla atuação no cinema e na televisão. Graduado em ciências sociais e bacharel em artes cênicas pela Universidade de Brasília, atuou sob a direção de alguns dos mais importantes encenadores do DF e dirigiu espetáculos como ‘Cabaré das Donzelas Inocentes’.

António Revez nasceu em Lisboa em 1972. Iniciou a sua atividade como ator em 1992. Em 1997, funda a Lendias d’ Encantar onde acumula as funções de diretor artístico, ator e encenador. É diretor do FITA – Festival Internacional de Teatro do Alentejo.

22 a 25 de agosto, 20h

Teatro SESC Newton Rossi (Ceilândia)

No dia 23 de agosto, no Teatro SESC Newton Rossi, após o espetáculo haverá uma conversa com os atores António Revez e Murilo Grossi e com o autor Santiago Serrano. 

29 de agosto, 20h

Teatro SESC Garagem

30 e 31 de agosto e 1 de setembro, 17h e 20h

Teatro SESC Garagem

 Sessões com intérprete de libras: nos dias 30 e 31 de agosto, às 17h00.

Mais informações: http://cenacontemporanea.com.br/2019/eventos/furacao-carmen


Anunciantes

 Topo

Direitos reservados Guia Diplomático LTDA, 1990 a 2019